Governador Zema cogita a reabertura dos comércios em Minas Gerais

0
648
Zema
Zema

O governador Zema (Novo) abriu a possibilidade do retorno do funcionamento de parte do comércio em Minas Gerais, durante anúncio realizado na tarde de sexta (27). Um estudo será feito para analisar a viabilidade do retorno de alguns segmentos comerciais.

A paralisação de grande parte do comércio mineiro foi decidida no dia 20/03. Se Zema decidir rever a primeira decisão, parte do comercio de Minas Gerais ira retomar o trabalho normalmente, se o estudo apontar que a medida é segura.

Zema fez este anúncio depois do pronunciamento do presidente Bolsonaro (sem partido), na terça (24), colocando a Covid-19 apenas como uma “gripezinha” e afirmando que o país não pode parar. Oque resultou no lançamento nesta sexta (27), da campanha: #OBrasilNãoPodeParar, que recebeu pedidos de suspensão na justiça por parte de várias entidades.

O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, afirmou um dia antes do anúncio de Zema, que ainda era cedo para suspender o isolamento social. Mas na sexta (27) afirmou que todas as atitudes do governo são baseadas em análises que buscam implementar as melhores ações para garantir a saúde da população.

O governador não deixou claro quais setores teriam a permissão para retornar ao funcionamento, se o fechamento do comércio mineiro fosse suspenso, no entanto, explicou que todos os estudos serão realizados em conjunto com prefeitos dos municípios mineiros.

“Se o prefeito entender que em sua cidade há um foco e não é possível reabrir, vamos seguir essa determinação”, explica. De acordo com o governador, a ação é passível de alteração se caso surgir um crescimento na curva de proliferação do coronavírus.

“Não vamos fazer nada descabido, nada sem análise profunda, nada que venha a colocar em risco a vida das pessoas”, garantiu o governador.