Reflexões – Marcos Castro | A idiotice “cancela” a empatia!

0
76

Tema profundo, atual e sociologicamente essencial nos nossos dias!

                Para ser fiel ao tema e expor que ele – o tema e este artigo – NÃO TEM NADA A VER com xingamento ou grosseria, pois não é meu feitio, torna-se fundamental, inicialmente, definir:

  • IDIOTICE: refere-se ao idiota, substantivo masculino e feminino (Portanto, não é um adjetivo de xingamento), que denota pessoa sem discernimento, ignorante (no sentido de frágeis experiências de vida e vivências), estúpida, pretensiosa, vaidosa, invejosa, tola. TAL CONCEITO NÃO TEM LIGAÇÃO ALGUMA COM CULTURA OU NÍVEL DE ENSINO; É ALGO QUE VEM DE DENTRO, DO BERÇO, DE VALORES APREENDIDOS OU NÃO;
  • EMPATIA: palavra composta que vem do grego, “em” (que quer dizer: dentro de) e “pathos” (que significa sofrimento), portanto alude à CAPACIDADE DE A PESSOA COLOCAR-SE NO LUGAR DO OUTRO, ESTAR DENTRO DELE PARA, JUNTO, SENTIR E SER SOLIDÁRIO AOS SEUS SOFRIMENTOS, ANSIEDADES E TENTAR COMPREENDER OPINIÕES.

Isto posto e compreendido pela maioria, vamos direto ao ponto.

Vivemos em uma época em que quase todos têm opinião sobre quase tudo; e vocalizam isso de forma pública com plena liberdade (Lógico que esta liberdade também traz vantagens), MESMO SEM NADA CONHECER DOS ASSUNTOS OU DAS PESSOAS SOBRE AS QUAIS VOMITAM OPINIÕES E JULGAMENTOS. Mas, idiotas (RELEIAM A DEFINIÇÃO NO INÍCIO, POR FAVOR) tentam; por estupidez, vaidade, e clara pretensa intolerância; transformar as redes sociais – com sua visão idiotizada e lotada de preconceitos invejosos – em tribunais de julgamento, onde elas mesmas são a promotoria e o juiz! Desta forma, idiotas vivem numa “bolha” de idiotice individualista e maldosa buscando dia a dia CANCELAR A EMPATIA E O AMOR AO PRÓXIMO! Muitos até já batizaram que estamos na “era do cancelamento” – ou tentativa de.

Lógico que não conseguem…

Geralmente são os tais “influenciadores de sofá” que, clicando freneticamente em seus iphones, tendo visto “stories” de seis segundos ou imagens de um “post” pensam, dentro de sua bolha idiota, que sua opinião irá influenciar em algo útil e concreto à comunidade!

No entanto, no contexto psíquico patogênico, tudo é muito simples…

Esta “Geração Y”, chamada também de “Geração Milênio” (onde se encontram a maioria, NÃO TODOS, os idiotas) – assunto de um próximo artigo – cresceu em meio a crescente individualismo e extremada competição! São vítimas (Eis, aqui minha empatia). Geralmente formam um conjunto de pessoas sofridas, reprimidas e infelizes; e por isso, não conseguem TER EMPATIA E BUSCAM EM VÃO, FRENETICAMENTE, CANCELÁ-LA – A EMPATIA! É COMPREENSÍVEL!

EMPATIA: palavra composta que vem do grego, “em” (que quer dizer: dentro de) e “pathos” (que significa sofrimento), portanto alude à CAPACIDADE DE A PESSOA COLOCAR-SE NO LUGAR DO OUTRO, ESTAR DENTRO DELE PARA, JUNTO, SENTIR E SER SOLIDÁRIO AOS SEUS SOFRIMENTOS, ANSIEDADES E TENTAR COMPREENDER OPINIÕES.

Por Marcos Castro
Engenheiro; Especialista em Qualidade e Produtividade;
Mestre em OTH; Educador;
Escritor; Filósofo; Professor Universitário;
Educador; Palestrante; Psicanalista.
Facebook
Instagram