Octávio Miranda divulga salário que recebe da Santa Casa de Ouro Fino e gera polêmica

0
436
Octávio Miranda
Octávio Miranda (Foto: Redes Sociais)

O advogado Octávio Miranda anunciou, em seu Facebook, seu novo papel dentro da Santa Casa de Ouro Fino. Um dos responsáveis por reerguer a instituição, Octávio, que não recebia um real pelo trabalho voluntário, passa a ganhar mais de R$ 10 mil mensais pelo cargo de Diretor Executivo.

Octávio Miranda assumiu o posto de Provedor da Santa Casa em 25 de janeiro de 2018. De lá para cá, enfrentou uma difícil guerra contra a crise financeira que a instituição passava. Os anos foram se passando, a Santa Casa ganhou uma nova cara e deu esperança ao público que necessita do local.

De acordo com a publicação de Octávio Miranda, por ter que se dedicar muito do seu tempo à Santa Casa, o mesmo deixou de lado sua profissão de ofício, a advocacia. Com a pandemia, o então Provedor da Santa Casa, viu sua renda diminuir muito, já que as atividades forenses paralisavam sempre que necessárias.

“Como ficamos inseguros diante do porvir! Naturalmente, me envolvi ainda mais com o hospital, passando a me dedicar quase que integralmente à Santa Casa. De outra parte, como a imensa maioria dos negócios, o meu escritório de advocacia também foi impactado, principalmente por conta do fechamento do Poder Judiciário que, até hoje, ainda tem seu funcionamento bastante restrito. Isso acarretou numa perda de receita bastante significativa e me obrigou a repensar o futuro, apesar da recuperação do último trimestre de 2020. Estava com duas ótimas propostas de trabalho em mãos e outro grande dilema pra resolver, afinal, se eu as aceitasse, resolveria minhas questões financeiras, mas, teria que me afastar de um serviço que, hoje, vejo como um dos propósitos mais importantes da minha vida”, explicou Octávio.

Como escreveu Octávio, o mesmo tinha outras propostas que resolveriam suas questões financeiras. Por conta disso, o Provedor resolveu levantar uma questão com o Conselho de Administração. “Com humildade e muita transparência, levei essa realidade para o Conselho de Administração em outubro do ano passado, pois, não podia mais continuar doando meu trabalho para a Santa Casa. Expliquei que a legislação, em especial a Lei 9.532/97, desde a alteração da Lei 13.204/15, prevê a possibilidade de remuneração de diretores de instituições filantrópicas que exerçam atividade executiva, algo que eu já fazia gratuitamente há 3 anos. Disse que meu coração me pedia para recusar as novas propostas de trabalho e continuar no hospital e esclareci que não se tratava de um pedido de remuneração pela função de provedor, que continuo exercendo voluntariamente, mas, sim, pela de diretor executivo”, escreveu Octávio.

O Conselho de Administração aprovou e Octávio Miranda se tornou Diretor Executivo da Santa Casa de Ouro Fino. Com isso, o mesmo passou a ganhar R$10.205,31 líquidos.

População divide opiniões sobre o novo cargo de Octávio Miranda

Após a publicação de Octávio Miranda, a população ourofinense começou a debater sobre o novo salário do advogado. Muitas pessoas parabenizaram Octávio e escreveram que o mesmo era merecedor de tal cargo.

No entanto, outros ourofinenses não estão de acordo com tal cargo. Muitos questionaram a decisão, já que Octávio é o primeiro Provedor que conseguiu transformar um serviço totalmente voluntário em um grande salário, que na cidade, em questões de pessoas públicas, só fica atrás de Henrique Wolf, prefeito de Ouro Fino.

Um dos internautas pedia a saída de Octávio Miranda do comando da Santa Casa, já que o mesmo já não estava mais em condições de ser Provedor voluntário da instituição. No mesmo comentário, um outro internauta disse que era o momento para dar oportunidade para uma outra pessoa, que não traria custos a Santa Casa.

A Santa Casa de Ouro Fino passou por uma profunda crise financeira nos últimos anos. Octávio Miranda conseguiu também um reajuste no salário dos funcionários. Entretanto, um salário que custará cerca de R$ 150 mil anuais para a instituição é bastante abusivo. Se existe condições de se pagar este valor, as campanhas de doações para manter a Santa Casa aberta não terão mais nenhum sentido a partir de agora.

Em seu texto, Octávio afirma que continua sendo Provedor da Santa Casa e, a desde de janeiro, assumiu o cargo de Diretor Executivo.

Responda

Please enter your comment!
Please enter your name here