Em conversa com o Observatório de Ouro Fino, Octávio Miranda detalha atual situação da Santa Casa no combate ao Covid-19

0
327
Setor Covid-19 da Santa Casa de Ouro Fino
Setor Covid-19 da Santa Casa de Ouro Fino (Foto: Redes Sociais)

Com o grande aumento de casos de Covid-19 em Ouro Fino, a população se preocupa com as ocupações de leitos hospitalares na Santa Casa. O Observatório de Ouro Fino entrou em contato com Octávio Miranda, Provedor da entidade, que detalhou a atual situação do local.

De acordo com Octávio, nos últimos 15 dias os casos aumentaram cerca de 45%, com 150 novas infecções. “Nesse mesmo período, 6 pacientes locais foram removidos em estado grave para a UTI do Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Apesar da alta assustadora, a Santa Casa está preparada para receber essa demanda graças à otimização da área de isolamento, que facilitou o trabalho da equipe médica e garantiu mais segurança para os usuários”, revelou o Provedor da Santa Casa de Ouro Fino.

Octávio nos contou que, atualmente, a Santa Casa possui 24 leitos exclusivos para pacientes infectados ou suspeitos de terem contraído o vírus. “Desses, 8 leitos são para pacientes mais críticos, embora a Santa Casa trate apenas de casos de média complexidade. Até o momento, a ocupação máxima foi de 9 leitos ao mesmo tempo e a média diária tem se mantido entre 5 e 6 internações, o que significa que ainda há uma boa margem de segurança”, disse Octávio.

Além disso, existe uma grande preocupação em relação ao número de profissionais da saúde que estão trabalhando. Segundo Octávio Miranda, a Santa Casa está com poucos funcionários, já que alguns estão afastados por adoecimento e até mesmo por física e mental.

“Sei que é chato ficar repetindo isso, mas, as pessoas precisam se cuidar e obedecer as medidas de segurança que todo mundo já sabe de cor e salteado quais são”, finalizou Octávio Miranda.

Responda

Please enter your comment!
Please enter your name here