Araçuaí, Ouro Fino, Ribeirão das Neves e Turvolândia dizem ‘não’ à privatização dos Correios

0
628
Correios
Correios (Foto: Reprodução)

No dia 7 de agosto, a Câmara Municipal de Araçuaí apresentou moção em repúdio à privatização dos Correios, em sessão realizada às 18h. A proposição é de iniciativa do presidente da Casa Legislativa, vereador Demário Batista (PTB). Araçuaí, localizada na região do Vale do Jequitinhonha, é a cidade de número 111 a se manifestar contra a venda dos Correios em MG.

Outras três cidades mineiras apresentaram moções contra a privatização dos Correios. As Câmaras Municipais de Ouro Fino, Ribeirão das Neves e Turvolândia realizaram sessões onde aconteceram as proposições. Em Ouro Fino, no dia 3 de agosto, município do Sul de MG, a autoria da moção foi do presidente da Câmara, José Maria de Paula (MDB).

No dia 4 de agosto, foi a vez de Ribeirão das Neves (região Central do Estado) e de Turvolândia (também do Sul de Minas) manifestarem preocupação quanto à venda da estatal. A primeira iniciativa foi de autoria do vice-presidente do Legislativo Municipal, Carlos Figueiredo (MDB). A segunda foi apresentada pela vereadora Aline Paiva (PHS).

Em diversas cidades brasileiras, os Correios prestam serviços públicos essenciais. Atualmente, em 60% dos municípios do País só há uma unidade da empresa como representação do governo federal. Assim, a presença dos Correios é uma forma de garantir aos moradores dessas localidades acesso a serviços e ações de caráter governamental, econômico e social. Além disso, a empresa é um dos principais operadores logísticos do País, integrando diversas regiões aos principais polos econômicos nacionais.
 
Ao serem aprovadas, as moções são enviadas às autoridades do Congresso Nacional e do Executivo Federal. As proposições de Ribeirão das Neves e de Turvolândia ainda serão votadas. Em Ouro Fino, aconteceu a aprovação da moção por unanimidade. Com isso, 108 municípios mineiros já integram o grupo de cidades que disseram ‘não’ à privatização dos Correios. A lista completa das cidades está disponível no site da ADCAP Minas.