Anvisa autoriza o uso emergencial das vacinas CoronaVac e de Oxford

0
163
Vacina CoronaVac ( Foto: Redes Sociais).

Neste domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso emergencial no país de duas vacinas contra a Covid-19: a CoronaVac e a de Oxford.

Momentos depois da aprovação pela Anvisa, o governo de São Paulo aplicou a primeira dose da CoronaVac no país na enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista, ela foi a primeira pessoa a receber a vacina.

Segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que o governo irá começar nesta segunda-feira (18), a distribuição das vacinas contra a Covid-19 para todos os estados, ele também informou que o início da campanha está previsto para quarta-feira (20), às 10h.

A vacina CoronaVac foi desenvolvida pela companhia biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan. É resultado do esforço de centenas de cientistas de uma instituição pública e de milhares de profissionais de saúde voluntários, é uma vitória coletiva da ciência brasileira, do SUS, do serviço público.