Nutrição Inteligente | Não jogue as cascas de jabuticaba fora!

0
281
Jaboticaba
Jaboticaba (Foto: Maristela Honorato)

Quem ainda tem jabuticaba direto do pé?

Sua coloração vermelha/arroxeada é vinda de compostos fenólicos. Apresenta ação antioxidante como a antocianinas e é rica em fibras, substâncias encontradas principalmente na casca do fruto, que muitas vezes não é consumida.

Um estudo realizado pela Unicamp em 2018, contribuiu ainda para a valorização desta fruta. Foi observado que o extrato da casca da jabuticaba foi capaz de prevenir o pré-diabetes e o aumento do acúmulo de gordura no fígado (esteatose hepática) em camundongos.  Submetidos a uma dieta com alto teor de gordura, o extrato da casca também causou a diminuição no ganho de peso e da dislipidemia (aumento de gordura no sangue) e da hiperglicemia (excesso de glicose no sangue) e melhorou o HDL (colesterol bom) dos animais.

Além disto, outros estudos comprovam que a casca do fruto contribui para a melhora da saúde intestinal, ameniza os sintomas da ansiedade, depressão e envelhecimento precoce.

Que tal fazer um chá com as cascas para aproveitar ainda mais seus benefícios? Separe aproximadamente 15 unidades da jabuticaba e tire a poupa. Ferva as cascas em 600mL de água por 5 minutos e deixe em infusão por mais 10 minutos. Depois armazene na geladeira e tome gelado durante o dia. Pode acrescentar gengibre, canela ou anis estrelado.

Não jogue as cascas fora! O valor nutricional é bem maior do que a poupa.

Referência bibliográfica:  C.A.Lamasa,S.A.Lenquisteb,A.M.Baseggiob,L.Cuquetto-Leitea,L.A.Kidoa,A.C.Aguiar,cM.N.Erbelin,cC.B.Collares-Buzato,dM.R.MarósticaJr.b,V.H.A.Cagnona, Jaboticaba extract prevents prediabetes and liver steatosis in high-fat-fed aging mice- Campinas, 2018.

Você pode encontrar Maristela nas seguintes redes sociais:

Instagram 

Facebook